Arquivo da categoria ‘Galeão’

O Galeão, além do avião.

Publicado: 5 de outubro de 2011 em Galeão, Histórico, Notícias
Tags:,
Mais um bairro desvendado, mais histórias pra contar. Dessa vez, o contemplado é o Galeão, a porta de entrada da Ilha do Governador. Muitas vezes confundido com o aeroporto, a área que abriga a Estrada do Galeão corresponde, no total, a 51% de toda ilha! A área abrange, ainda, as principais instalações militares como, por exemplo, a Base Aérea do Galeão, Hospital da Aeronáutica, Hospital de Medicina Aeroespacial, além das Vilas Oficiais dos Militares, três imensas reservas ecológicas – que contam, também, com proteção militar e acesso restrito – e algumas comunidades, como a Vila Joaniza, mais conhecida como “Barbante”.

A Praça do Avião, no bairro do Galeão. Em toda Estrada do Galeão, são diversos modelos de aviões em exposição.

Conta a lenda que o nome “Galeão” é oriundo do navio “Galeão do Padre Eterno”, projetado e construído em um estaleiro montado na região. Essa embarcação seria, naquela época, a maior do mundo e fez sua viagem inaugural rumo à capital Lisboa. Menciona-se que o então Imperador do Brasil, Dom João VI, escolhera a área como campo para a caça e cria, instituindo a “Coutada Real”.

Toda extensão do bairro é, principalmente, ocupada por militares, com casas padronizadas.

Foi no ano de 1948, muito tempo após as primeiras instalações navais da região, que a ponte que liga a Ilha do Governador à Avenida Brasil foi construída, e em 1952 o Aeroporto do Galeão (conhecido como Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, posteriormente identificado como Galeão ou Antônio Carlos Jobim) foi desenvolvido de forma mais moderna, com capacidade para atender ao intenso turismo na capital. Vale mencionar que o cantor, compositor e poeta Tom Jobim foi homenageado após seu falecimento, em 1994. Justo tributo para um dos maiores nomes do Brasil e, ainda hoje, divulgador da cultura nacional mundialmente.

O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, também conhecido como Galeão ou Tom Jobim.

Pra completar, mesmo que a parte e bastante afastado (a presença de transeuntes é quase imperceptível), o bairro do Galeão pertence a mesma região administrativa da Ilha do Governador. Entretanto, o fluxo de automóveis é intenso, uma vez que a Estrada do Galeão, mesmo após a implantação da Ponte Nova, continua sendo o único percurso de entrada e saída da Ilha.

Diversas unidades militares estão em toda a extensão da Estrada do Galeão, que é presente em 51% de toda Ilha.

* Todas as fotos presentes no post são de autoria de Rafael Vieira e foram trabalhadas através de programa de edição de imagens.